O SEGREDO DA FORÇA ESPIRITUAL | World Challenge

O SEGREDO DA FORÇA ESPIRITUAL

David Wilkerson (1931-2011)October 21, 2019

Uma Mensagem Para Hoje

O profeta Isaías pronunciou um ai sobre Israel: “‘Ai dos filhos rebeldes’, diz o Senhor” (Isaías 30:1, NKJV). A palavra hebraica que Isaías usa para “rebelde” significa retroceder, teimosia, afastar-se. Do que exatamente o povo de Deus estava se afastando? E o que causou seu retrocesso?

A resposta está na frase seguinte: “[Eles] tomam conselho, mas não de Mim, e [eles] executam planos, mas não os do Meu Espírito” (30:1). Isso significa que eles fazem seus próprios planos. Simplificando, Deus disse: “Meu povo não me procura mais para orientação e conselho. Em vez disso, eles se apoiam no braço da carne. Toda vez que eles agem sem me procurar, pedindo ajuda ao mundo, eles empilham pecado sobre pecado. Eles abandonaram sua confiança no meu braço forte”.

O povo de Deus sabia muito bem que eles deviam confiar no Senhor em todas as situações, não importa quão insignificante. Os Salmos constantemente os lembraram: “Quão preciosa é a Tua benignidade, ó Deus! Portanto, os filhos dos homens colocam suas confianças sob a sombra das Tuas asas” (Salmos 36:7). “Porque a minha alma confia em Ti; e à sombra das tuas asas me refugiarei” (57:1). “Porque Tu tens sido minha ajuda, por isso à sombra das Tuas asas me alegrarei” (63:7).

Isaías declarou que Deus derrubaria todos os seus muros de auto proteção: “Portanto, essa iniquidade será para você como uma brecha pronta para cair... cuja quebra ocorre repentinamente, em um instante. E Ele a quebrará como a quebra do vaso do oleiro, que está quebrado em pedaços; Ele não poupará” (Isaías 30:13-14). Deus estava dizendo: “Vou quebrar em pedaços todas as coisas falsas em que você confiou. Seus planos vão entrar em colapso”.

Então Isaías revelou o coração compassivo de Deus para com seu povo. Ele insistiu a Judá: “Você não precisa mais viver em confusão. Você não precisa aguentar essa quebra repentina. Deus providenciou a nós uma saída”. “Pois assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel: ‘Ao voltar e descansar, você será salvo; em sossego e confiança será a sua força’” (30:15).

Aqui está, em resumo, o segredo de Deus para a força espiritual: “Quietude e confiança serão a sua força”. A palavra para quietude em hebraico significa repouso, indicando calma, relaxamento, livre de toda ansiedade, deitado com apoio por baixo.

Hoje em dia, muitos cristãos não têm esse tipo de quietude e confiança.

Multidões de crentes estão envolvidos em um frenesi de atividades, correndo loucamente para obter coisas. Mesmo no ministério, os servos de Deus estão cheios de preocupação e medo, procurando respostas em conferências, seminários, livros mais vendidos. Todo mundo quer orientação, soluções, algo para acalmar seu espírito, mas as procuram em todas as fontes, exceto no Senhor.

Eles não percebem que Deus já falou uma palavra para eles através do profeta Isaías. Ele descreve o que a justiça de Deus deve realizar em nós: “A obra da justiça será paz, e o efeito da justiça será quietude e segurança para sempre” (Isaías 32:17). Se realmente estivermos caminhando em retidão, nossas vidas produzirão o fruto de um espírito calmo, quietude de coração e paz com Deus.

Pedro fala da “beleza incorruptível de um espírito manso e quieto, que é muito precioso aos olhos de Deus” (1 Pedro 3:4). Tal espírito não tem nada a ver com temperamento ou personalidade. Algumas pessoas são naturalmente inclinadas a serem calmas e tímidas, enquanto outras são simplesmente mórbidas. Não, o espírito manso e quieto a que Pedro se refere só pode ser implantado em nós pelo Espírito Santo. Ele dá a todos que confiam plenamente no Senhor em todas as coisas.

Quando Isaías olhou em volta, viu o povo de Deus fugindo para o Egito em busca de ajuda, confiando nos homens, confiando em cavalos e carros. O profeta advertiu: “Agora os egípcios são homens, e não Deus; e seus cavalos são carne, e não espírito. Quando o Senhor estender a mão, tanto os que ajudar e os que foram ajudados cairão; todos eles perecerão juntos” (Isaías 31:3).

Os embaixadores estavam indo e vindo. Os líderes estavam realizando reuniões estratégicas de emergência. Todos estavam em pânico, lamentando: “O que podemos fazer? Os assírios vão nos eliminar”.

Isaías garantiu a eles: “Não precisa ser assim. Retorne de seu desvio. Arrependa-se da sua rebelião de confiar nos outros. Volte-se para o Senhor, e Ele o cobrirá com um cobertor de paz. Ele lhe dará quietude e descanso no meio de tudo o que você enfrentar”.

O Espírito Santo nos dá força quando liberamos todas as nossas necessidades nas mãos de Deus e confiamos em seu poder.

Rute é um exemplo desse tipo de confiança. Depois que o marido morreu, Rute morou com sua sogra, Noemi, que era bastante idosa. Noemi estava preocupada com o bem-estar de Rute e queria garantir o futuro de sua nora. Ela aconselhou Rute a deitar-se aos pés do rico Boaz e pedir que ele cumprisse sua obrigação para com ela como seu parente.

Naquela noite, depois que a peneira do dia terminou, Boaz se deitou “no fim da pilha de grãos; e [Rute] veio suavemente, descobriu seus pés e deitou-se” (Rute 3:7). Na manhã seguinte, ele acordou assustado, encontrando uma mulher deitada aos seus pés. (Não havia nada imoral sobre a presença de Rute ali; esse era um costume comum da época). “E ele disse: ‘Quem é você?’ Então ela respondeu: ‘Sou Rute, sua criada. Coloque sua criada sob sua asa, pois você é um parente próximo’” (3:9). Ela estava dizendo, em essência: “Você aceita a obrigação de um parente por mim? Você vai prover por mim?”. Em resumo, ela estava perguntando: “Você quer se casar comigo?”.

Este não foi um esquema manipulador. Rute e Noemi haviam feito tudo em ordem divina. Podemos ter certeza disso, porque a linhagem de Cristo veio através de Rute. Quando Rute voltou para casa mais cedo naquela manhã, Noemi perguntou-lhe: “É você, minha filha?” (3:16). Ela estava perguntando, em outras palavras, “Devo chamá-la de ‘noiva Rute’? Ou você ainda é viúva, Rute?

Rute contou a Noemi tudo o que havia acontecido. Agora ouça o conselho de sua sogra piedosa: “Fique tranquila, minha filha, até saber como o assunto vai acabar; pois o homem não descansará até que tenha concluído o assunto hoje” (3:18). Noemi havia orado sobre o assunto, buscando a direção de Deus, e Deus havia lhe dado conselhos. Ele a lembrou da lei do parente remidor (que era um tipo e prenúncio de Cristo). Noemi estava confiante de que ela e Rute haviam feito a parte delas. Agora era hora de ficar quieta e confiar em Deus para cumprir o que havia prometido.

Ela estava dizendo: “Está tudo nas mãos do Senhor agora, Rute. Apenas relaxe e fique calma. Deus se moverá sobrenaturalmente por você, para que você não precise se preocupar, se inquietar ou manipular nada. Deixe a quietude e a confiança serem sua força. Deus não deixará Boaz descansar até que ele coloque um anel em seu dedo”.

Uma calma e paz se estabeleceram sobre a casa de Noemi. Ninguém estava em um frenesi, roendo as unhas e se perguntando: “Deus fará isso? Quando isso acontecerá?”. Essas duas mulheres fiéis podiam relaxar, cantar e louvar ao Senhor por sua bondade.

E a sua casa? É uma morada calma e pacífica? Ou é um lugar de dúvida, questionamento, ansiedade, inquietação? Você corre aqui e ali, preocupada: “Como vou pagar as contas?” Quando chega o problema, você procura a Deus diligentemente antes de qualquer outra fonte? Então você obedece a tudo o que Ele diz para você fazer? Finalmente, você ainda está descansado, confiando nele para o resultado? Nesse caso, sua casa deve ser calma e pacífica.

Isaías lista as coisas boas que chegam àqueles que esperam no Senhor em todas as maneiras.

“Bem-aventurados todos aqueles que esperam por Ele... Você não deve mais chorar. Ele será muito gracioso com você ao ouvir o seu clamor... Seus ouvidos ouvirão uma palavra atrás de você, dizendo: ‘Este é o caminho, ande nele”, sempre que você virar para a direita ou para a esquerda... Tereis um cântico como na noite… e alegria de coração” (Isaías 30:18-19, 21, 29). Isaías estava dizendo: “Se você apenas esperar no Senhor – se você clamar por Ele novamente e voltar a confiar Nele – Ele fará por você tudo o que eu disse e muito mais”.

Deus pode apenas falar uma palavra, e o inimigo vacilará diante de nós: “Pois pela voz do Senhor Assíria será derrotada, como Ele golpeia com a vara” (30:31). Não há nada que nosso Pai não possa resolver, nenhuma batalha que Ele não possa vencer por nós, com uma mera palavra de seus lábios. Isaías diz que “o sopro do Senhor” consumirá tudo em nosso caminho (ver 30:33).

Querido santo, ele quer tudo: sua saúde, sua família, seu futuro. Ele quer que você confie a Ele todos os assuntos, e ele quer que você viva em quietude, confiança e descanso. Vá para o seu lugar secreto e fique sozinho com o Senhor. Traga tudo para ele. Ele prometeu: “Você ouvirá minha palavra atrás de você, dizendo a você que caminho seguir. Este é o caminho. Agora, ande nele”.

Download PDF

DAILY ENCOURAGEMENT IN YOUR INBOX

Sign up now to receive our Daily Devotional or E-newsletter.

SUBSCRIBE